Saltério Reformado

08/03/2012

Salmo 35 (Genebra)

Filed under: Salmos Metrificados — Tags:, , , — Lucas G. Freire @ 20:27

[Video]

1 SENHOR, contende_e vem lutar
Com os que querem me_atingir;
2 Escudo_e o broquel embraça
Dispõe-Te, vem ao meu auxílio.
3 Empunha lança_em repressão
Ao passo do perseguidor;
Vem à minh’alma declarar:
“Eu sou a tua salvação”!

4 Querem a vida me tirar:
Tenham vergonha_e confusão!
Todos que contra mim conspiram
Recuem, bem envergonhados!
5 Que fiquem como palha_ao léu,
Que_os leve_o anjo do SENHOR:
6 Na senda venha_os perseguir,
Deslizem no escuro_andar.

7 Sem causa,_armaram contra mim,
Pra vida_em cova me tirar.
8 Que venha sobre_o inimigo
Destruição, bem sorrateira,
Quando_ele nem sequer pensar;
Nos mesmos laços que tramou,
Que possa se precipitar:
É esta_a queda que terá!

9 Minh’alma_em DEUS se_alegrará,
Deleita_em sua salvação.
10 Meus ossos ao SENHOR declaram:
“Quem, Deus, contigo_é comparável?”
Aos fracos, livramento dás:
Ajuda contra_os valentões.
Sim! Aos carentes vem livrar
Do que deseja_expropriar.

11 Iníquas testemunhas vêm
Cobrar-me coisas que_eu não sei.
12 O bem com mal eles me pagam:
Desolação! Minh’alma_estragam!
13 Mas quando,_enfermos, eu os vi
Aflito,_em saco me vesti,
Cabeça baixa_e com jejum,
14 Como se fossem meus irmãos.

Curvado_em luto, pois, chorei,
Como se fossem minha mãe.
15 Quando, porém, caí por terra
Alegres, contra mim juntaram;
Desconhecidos, sem ter dó,
Vieram me fazer sofrer.
16 Como palhaços em festins,
Rangiam dentes contra mim.

17 Até, Senhor, quando_olharás?
Livra minh’alma dos leões
Da sua violência_e fúria.
18 Dar-Te-ei graças n’assembleia,
Louvar-Te-ei na multidão.
19 Não se alegre_o meu algoz
Que, sem motivo, se opõe:
Nem mesmo_o olho piscará!

20 Não é de paz que vai falar;
Enganos trama, sem cessar,
Pra quem, na terra,_em paz habita.
21 Abre-me_a boca, diz assim:
“Peguei! E vi com olhos meus!”
22 Viste-o, SENHOR, não sai de mim.
23 Justiça vem fazer, meu Deus,
À causa minha, meu Senhor!

24 Julga, SENHOR, meu Justo Deus;
Não deixes que_o opositor
24-25 Alegre, diga pra si mesmo:
“O meu desejo foi cumprido!
Dei cabo dele!_Agora sim!”
26 Possa_em vexame_envergonhar
Quem se_alegrar no meu revés
Soberbo, pejo possa ter!

27 Jubile_e cante que se_apraz
Alegre_em minha retidão.
E digam sempre: “Glorioso
Seja_o SENHOR, é Deus bondoso
Pois se compraz no servo Seu
Quando_em prosperidade vai!”
E minha língua,_em Teu louvor,
Canta_a justiça sem cessar.

(Métrica: Lucas G. Freire, Mar. 2012)

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: