Saltério Reformado

30/04/2010

Salmo 28 (Genebra)

Filed under: Salmos Metrificados — Tags:, , , — Lucas G. Freire @ 18:19

[Gravação]

1
A ti eu clamo, ó Senhor Deus
Não sejas surdo, pois, comigo
A fim de que não aconteça
Que eu me torne como_aqueles
Que_à cova estão a despencar
Se te calares contra mim

2
Ouve-me, minhas vozes clamam
Quando a ti pedir socorro
E quando minhas mãos eu ergo
Na direção do santuário
Não me arrastes com os maus:
Estes praticam, sim, o mal.

3
Os maus falam acerca de paz
Falam de paz, sim, ao vizinho
Mas têm muita perversidade
No_interior do co-o-ração.
Seu operar lhes paga Deus
Conforme_o mal dos atos seus.

4
Deus retribui o que merecem,
Segundo_as obras das mãos suas.
Os feitos do Senhor não notam
Nem pro que realizam su-as mãos
Ele há de os derrubar
E não vai re-edificar.

5
Que o Senhor bendito seja,
Pois o clamor da voz me ouviu.
Deus é escudo_e força minha
Nele confio: me socorre.
Exulta,_assim, meu coração
Com cântico eu louvarei.

6
Força do povo seu, é_o Senhor,
Refúgio salvador do_ungido:
Sim, refúgio do seu ungido.
Abençoa a_herança tu-a
Salva,_apascenta_o povo teu:
Pra sempre exalta_o povo teu.

(Métrica: Lucas G. Freire, Abr. 2010)

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: